Um dos cortes de carne mais populares nos Estados Unidos, em especial na região do Texas, onde costuma ser preparado no defumador, o brisket chegou aqui no Brasil fazendo sucesso em food trucks e churrascarias e hoje já tem muita gente incorporando-o ao churrasco caseiro.

Trata-se do peito bovino, uma carne saborosa, mas rígida, afinal o peito do animal recebe cerca de 60% do impacto de seu peso ao caminhar. Sendo assim, para que fique macio e suculento, o brisket precisa ser cozido por bastante tempo, algo entre 6 a 8 horas no fogo. Ou seja, é um corte que requer muita dedicação e paciência.

O ideal é temperar a carne na noite anterior ao seu preparo, deixando-a descansar na geladeira. Você pode temperá-la apenas sal e pimenta-do-reino preta moída ou uma mistura de sal grosso, pimenta, açúcar e cominho, por exemplo. Páprica e alecrim também podem ser utilizados.

Ao levá-la à churrasqueira, coloque a peça de carne em uma forma de alumínio (nunca coloque-a diretamente) e asse-a com carvão sempre em temperatura baixa, por 6 a 8 horas. Regue-a algumas vezes com o líquido que se forma durante o preparo e, para defumar a carne, de vez em quando solte sobre a brasa do carvão algumas lascas de madeira  de árvores frutíferas. 

Quando o brisket estiver pronto, retire-o do fogo e deixe-o descansando por uns 15 minutos antes de fatiar, servir e se deliciar!

Clique aqui para conferir outras maneiras de preparar esse corte de carne para impressionar seus convidados no churrasco.